Conheça a Estação Luís Carlos em Guararema

A Estação Luís Carlos está localizada a apenas 10km do município de Guararema e a 85km de São Paulo. É uma cidade cinematográfica pertencente a cidade de Guararema, no interior de São Paulo. A vila que abriga a Estação Ferroviária de mesmo nome foi fundada em 1914, e totalmente revitalizada em 2014, preservando as características arquitetônicas dos anos 90. Além das lindas casinhas coloridas a vila também oferece várias opções de restaurantes, cafés e até um museu. É uma ótima opção de bate e volta em família no fim de semana, confira nossas dicas e bom passeio.

Com a desativação da linha entre Mogi das Cruzes e São José dos Campos, na década 1970, a Estação Luís Carlos ficou abandonada. Chegou a servir de moradia durante alguns anos, até que a Prefeitura de Guararema fez o tombamento histórico. Em 2012, enfim, ela foi revitalizada e a Maria Fumaça voltou a soar o apito avisando a partida da locomotiva para o passeio entre a Estação de Guararema e a Estação de Luis Carlos.

A Estação foi inaugurada em 1914 e tem esse nome em homenagem a Luís Carlos da Fonseca Monteiro de Barros (1880-1932). Nascido no Rio de Janeiro, o engenheiro Civil e poeta mudou-se para São Paulo, onde foi Senador Público da Estrada de Ferro Central do Brasil, Luís Carlos era chefe do 2º Distrito de tráfego da Central do Brasil e foi ele quem autorizou a construção da Estação, atendendo a produção da lavoura para o Rio de Janeiro e São Paulo. Além de Engenheiro, Luís Carlos era talentoso com as letras, e aos 40 anos, lançou seu livro “Colunas” e mais três livros que o conduziram para a Cadeira 18 da Academia Brasileira de Letras em 1976.

As casas que rodeiam a Estação Luis Carlos começaram a ser construídas na década de 1920, e até hoje as construções coloridas guardam e preservam suas histórias. A Prefeitura de Guararema tombou 20 fachadas destas construções, por seu valor histórico e artístico. Hoje os prédios abrigam empreendimentos comerciais como cafeterias, sorveterias, bistrôs, bares, entre outros.

A Igreja de São Lourenço foi construída em 1906 em homenagem a São Lourenço, o santo espanhol, também conhecido como Lourenço de Huesca ou Valência. O Santo foi um dos sete primeiros diáconos da igreja católica no século III e é considerado um mártir, por ter sido queimado vivo sobre um braseiro ardente, por cima de uma grelha, defendendo os cristãos. A construção da Igreja foi feita graças as doações de famílias tradicionais da região.

CAFETERIA ROÇA CHIC
Rua Sebastião de Souza, 168

Sexta a partir das 17h
Sábado, Domingo e feriado a partir das 9h

Um espaço aconchegante e muito bom para fazer uma pausa, e como eles mesmo dizem: “Pra comê, bebe, proseá e cantá!”. Com espírito interiorano, de casa de vó. “Pra comê” tem quitutes artesanalmente preparados por uma legítima Vó que foi da Roça, além de Queijos e derivados direto da roça. “Pra bebe” tem quente, frio, gelado e refrescante! “Pra proseá” tem o sofá vermelho ornado com toalhinhas de crochê, um banquinho na beira da calçada. Tem também um quintal onde há hortas, flores, um pergolado pra fugir do sol e sentar pra comer, beber e prosear ao som da “barulheira” dos passarinhos que rodeiam a casa. “Pra cantá”, vem música lá do Pátio Central e às vezes lá no Quintal, uma Banda com clássicos do Rock/Pop em versão acústica, vale a pena conhecer.

Confira essas dicas também

Deixe um Comentário