Roteiro completo de 4 dias pelos principais pontos turísticos de Jalapão em Tocantins

Conheça os principais pontos turísticos de Jalapão em Tocantins com o tour Jalapão 360º de 4 dias e 3 noites realizado pela empresa Aventura Eco. Você vai conhecer um verdadeiro paraíso natural com fervedouros, cachoeiras, cânions, dunas e muito mais.

O Parque Estadual do Jalapão é o mais novo atrativo turístico do Brasil, localizado a aproximadamente 300km de Palmas, capital de Tocantins, ganhou ainda mais evidência nos últimos dias por ser o cenário principal da novela das 21h da Globo “O Outro Lado do Paraíso”.

A melhor forma de conhecer Jalapão é, sem dúvida, contratando uma empresa de receptivo, pois as estradas não são pavimentadas e são bem ruins, com muitas bifurcações e sem sinalização para os atrativos, como não pega sinal de celular na maior parte do trajeto a chance de se perder é grande, também existe o risco de furar um pneu ou ficar atolado. Então para evitar preocupações e dor de cabeça e poder aproveitar ainda mais cada atrativo, conheça Jalapão com a Aventura Eco.

Pela Aventura Eco nós tivemos uma experiência incrível em Jalapão, gostamos muito do tratamento deles com cada pessoa, proporcionando uma experiência única pra cada um. Nós conhecemos praticamente todos os atrativos com exclusividade, pois eles inverteram nosso roteiro devido a quantidade de pessoas, pois assim todos poderiam aproveitar melhor cada atrativo. Nosso passeio foi em uma Hilux SW4 de 7 lugares, super confortável, dividimos o carro com mais 3 amigas e o guia João.

Qual a melhor data para conhecer Jalapão?

  • Entre Março e Outubro;
  • De Novembro a Fevereiro é temporada de chuva;

O que está incluso no tour Jalapão 360º da Aventura Eco?

  • Café da manhã, almoço e janta;
  • Hospedagem nas 3 noites do passeio;
  • Entrada nos atrativos;
  • Guia de turismo;
  • Carro 4×4 com ar condicionado;
  • Água durante todo o passeio;

O que levar para Jalapão?

  • Roupas leves e para banho;
  • Óculos de sol e boné;
  • Protetor solar e repelente;
  • Barrinha de cereal e bolachas;
  • Havaiana;
  • Tênis / Bota de trilha (caso faça a subida na Serra do Espírito Santo)

Onde se hospedar em Palmas?

1º DIA EM JALAPÃO

No primeiro dia, o guia passou no Hotel Girassol Plaza pra buscar a gente às 7h da manhã, saímos com destino a São Felix do Tocantins, mas antes fizemos duas paradas, a primeira foi às 9h no município de Novo Acordo, onde tem banheiro, panificadora e farmácia, a segunda parada foi às 11h para contemplação do Morro do Macaco, ao lado fica a Fazenda Rosalina, onde tem lanchonete e banheiro. A próxima parada foi na Serra da Catedral para fotos e contemplação.

Chegamos em São Felix do Tocantins às 13h onde paramos para almoçar, uma comida caseira simples e muito gostosa, depois caminhamos alguns metros para conhecer o incrível Fervedouro Bela Vista, o mais novo atrativo de Jalapão. O limite para entrar no fervedouro são 10 pessoas por vez.

Depois do Fervedouro Bela Vista pegamos a estrada em direção ao Fervedouro do Ceiça que fica a aproximadamente 55km de distância, no município de Mateiros. Nesse fervedouro só é permitido entrar 6 pessoas por vez. Apesar de ser menor que o Bela Vista a pressão das nascentes são mais fortes e você consegue flutuar com mais facilidade.

Depois do Fervedouro do Ceiça a gente foi para a Pousada Panela de Ferro, que fica a aproximadamente 25km de distância, fizemos uma pausa para tomar banho e deixar as malas nos quartos e saímos para jantar no restaurante Beira da Mata que fica bem pertinho. Passamos 2 noites na Pousada Panela de Ferro, onde é servido o café da manhã, chegamos ao final do primeiro dia em Jalapão.

2º DIA EM JALAPÃO

O segundo dia pode começar às 4h da manhã, pra quem optar subir a Serra do Espírito Santo, esse passeio é opcional e cobrado a parte, nós não fizemos esse passeio. Nosso segundo dia em Jalapão começou às 7h da manhã com um delicioso café da manhã na pousada, depois do café saímos para conhecer o Povoado Mumbuca, uma comunidade Quilombola, onde nasceu o artesanato do Capim Dourado, o famoso ouro do Jalapão. Lá você poderá comprar variados tipos de artesanatos, onde em cada um deles tem o nome do artesão que produziu aquele item.

A Cachoeira do Formiga fica a aproximadamente 30 minutos da Comunidade Mumbuca, diferente dos fervedouros, a cachoeira não tem limite de pessoas para entrar na água e também é permitido pular do deck. Alguns lugares chega a mais de 2 metros de profundidade e a correnteza da cachoeira é bem forte, mas tem um espaço um pouco mais pra baixo que parece uma piscina natural com águas tranquilas.

Depois da Cachoeira do Formiga são mais 25km de estrada até chegar no Fervedouro Rio Sono ou Fervedouro Olaide, por causa do nome da proprietária, esse é um dos menores fervedouros. Almoçamos por lá mesmo no Restaurante Rio Sono, como em todos os lugares a comida é caseira, simples e deliciosa.

Saindo do Fervedouro da Olaide pegamos aproximadamente 1h de estrada até as Dunas do Jalapão, um pouco antes de chegar as Dunas fazemos uma pausa para ir ao banheiro, tomar água e assinar uma ficha de controle, depois fizemos outra parada para contemplação na Lagoa dos Jacarés, um verdadeiro oásis com uma paisagem incrível. Nas Dunas é proibido subir e descer pelos paredões de areia, tem um caminho específico pra subir e descer. Depois de contemplar um incrível pôr-do-sol voltamos para o restaurante Beira da Mata para jantar e por volta das 20:30h chegamos na Pousada Panela de Ferro para dormir.

3º DIA EM JALAPÃO

Se prepare! Esse é o dia em que você vai entender a expressão “JALAPÃO É BRUTO!”. Saímos da pousada por volta das 8 horas e pegamos a estrada (a pior estrada de todo o trajeto), fizemos uma pausa num bar onde tem sorvete, bebida e banheiro, depois outra pausa para assinar o formulário de entrada para a Cachoeira da Velha, foram quase 5 horas de estrada até chegar na cachoeira, então é bom ter umas barrinhas de cereal na mochila pra enganar a fome até o almoço. Na Cachoeira da Velha é uma pausa apenas para contemplação, mas o visual é incrível!

A próxima parada foi na Prainha do Rio Novo, que fica bem pertinho da Cachoeira da Velha, lá o pessoal da Aventura Eco prepara um lanche caprichado, com frutas, pães, sucos, barrinhas, paçoca e outras coisinhas (esse é o único dia que não tem almoço). Depois do lanche tivemos um bom tempo pra curtir a prainha, com águas clarinhas e rasas, mas com correntezas fortes.

Depois da prainha foi preciso alterar o roteiro devido ao horário, então ao invés de irmos para a Pedra Furada (que era mais longe e por isso chegaríamos anoitecendo) o guia achou melhor a gente ir para o Cânion Sussuapara e deixar a Pedra Furada pro 4º dia de manhã e realmente valeu muito a pena essa inversão no roteiro, porque conseguimos aproveitar melhor os dois atrativos. Chegamos em Ponte Alta do Tocantins por volta das 18:30h e visitamos uma lojinha de artesanato, de lá fomos para a Pousada Águas do Jalapão onde jantamos e fechamos mais um dia em Jalapão.

4º DIA EM JALAPÃO

Chegamos ao último dia em Jalapão. Depois do café da manhã saímos para conhecer a Pedra Furada, esse trajeto é bem rápido e tem uma parte de asfalto. Por ter ido de manhã não pegamos o famoso pôr do sol na Pedra Furada, mas fomos recompensados por não ter ninguém por lá e ainda conseguimos ver um casal de arara azul, tucano e várias maritacas, que normalmente não são vistos devido ao barulho. O visual lá é simplesmente surreal, os buracos na montanha proporciona vistas incríveis e únicas pra cada lado.

A parada na Cachoeira do Soninho Grande é bem rápida e apenas para contemplação, a cachoeira fica a aproximadamente 1 hora da Pedra Furada. Saindo de lá vamos para o último atrativo do roteiro de 4 dias em Jalapão, que fica a menos de 5 minutos de distância que é o mesmo rio, mas um pouco acima, onde tem cachoeiras pequenas próprias pra banho.

Chegamos então no último atrativo em Jalapão que é a Cachoeira do Soninho Pequena, o local ideal para fechar o passeio de 4 dias e 3 noites, um lugar tranquilo onde você pode relaxar bastante depois de muitas horas na estrada e muito sol.

Gostaríamos muito de agradecer aos parceiros Hotel Girassol Plaza e a Aventura Eco pelo apoio e por nos proporcionar essa experiência tão incrível e momentos inesquecíveis durante esses dias em Palmas e Jalapão, ao nosso guia João, as meninas que foram com a gente no carro (Patrícia, Iara, Juliana) e a todo o grupo, muito obrigado! Ficamos encantados com tanta beleza natural e voltamos ainda mais inspirados a descobrir novos lugares pelo nosso Brasil.

Confira essas dicas também